X

Rotor de Laboratório - Artur Nogueira (SP)

O principal uso do rotor de laboratório é fazer a separação de substâncias. São poucos os experimentos que são realizados em laboratórios sem passar, ao menos, por uma etapa de centrifugação. Um rotor de laboratório é utilizado para separar desde proteínas e ácidos nucleicos, como DNA e RNA, até frações do sangue. Há diversos tipos de rotores especializados para realizar a centrifugação. A escolha do equipamento deve ser feita de acordo com a força motriz, rotor e necessidades adequadas para o procedimento a ser realizado. São diversos os modelos que atendem a diferentes exigências.

Manutenção de um rotor de laboratório

O rotor de laboratório e o cesto estão sujeitos a desgastes normais durante uma operação regular, que podem danificá-los em resultado disso. A manutenção desse equipamento deve ser realizada periodicamente. Caso não seja identificada nenhuma ou pouca alteração da superfície, o rotor pode ser usado de acordo com as instruções ou durante mais um ano, se a inspeção for realizada no fim da vida útil recomendada.

Outro ponto importante na manutenção de um rotor de laboratório é saber escolher bem a empresa que irá realizar esse tipo de serviço. Assim, além de manter o bom funcionamento do equipamento, há também a garantia de usar produtos originais, caso haja a necessidade de substituir alguma peça.

Mais Produtos da Supra Diagnósticos

Fale Conosco

Código
Compartilhe nas redes sociais
Fale com a gente!