X

Microseringa para Cromatografia Gasosa

APLICAÇÕES DE MICROSERINGA PARA CROMATOGRAFIA GASOSA
A cromatografia gasosa é empregada em processos de química orgânica para separação de substâncias em laboratório. Nesses casos, é usada a cromatografia a gás, em que os compostos são manipulados com o auxílio da microseringa para cromatografia gasosa.
O processo é similar ao da destilação fracionada, porém é realizado em escalas muito menores e com o uso de equipamento específicos, como a microseringa para cromatografia gasosa. O investimento nesses equipamentos é fundamental para análises mais completas e resultados mais seguros.
BENEFÍCIOS DA MICROSERINGA PARA CROMATOGRAFIA GASOSA
A microseringa para cromatografia gasosa exerce um papel fundamental, contribuindo com o sucesso da análise. Para isso, o material que compõe os instrumentos laboratoriais deve ser de alta qualidade, a fim de manter a integridade das amostras.
Alguns outros equipamentos também são essenciais em laboratórios e análises clínicas, como:
● luvas de látex;
● máscaras;
● seringas manuais;
● amostradores automáticos;
● seringas para medida de precisão de fluidos robóticos.
Para a realização de processos químicos e análises, além da necessidade de utensílios específicos, como a microseringa para cromatografia gasosa e vidrarias, são necessários equipamentos tecnológicos.
O manuseio desses equipamentos deve ser realizado por responsáveis técnicos que possuam formação e capacitação para realização de análises com os diversos modelos do produto, como é o caso das seringas: MODIFIED MICROLITER™, MICROLITER™ e GASTIGHT®, fabricadas pela fabricante Hamilton.
Conforme as tecnologias vão sendo desenvolvidas, muitas análises podem ser realizadas em nível molecular. No caso da cromatografia gasosa, as análises devem ser realizadas em nível microscópico para identificação das moléculas que constituem os compostos.
A precisão é muito importante em análises químicas, pois a partir delas são desenvolvidos novos fármacos, cosméticos e perfumarias. A cromatografia gasosa permite identificar anéis benzênicos extraídos de óleos essenciais de frutas cítricas, por exemplo, identificando qual a função orgânica presente na molécula proporciona a essência que será reproduzida para criação de aromas sintéticos.

Fale Conosco

Código
Compartilhe nas redes sociais
Fale com a gente!